Governo do Estado homologa estado de emergência em Botucatu; Pardini viaja em busca de recursos

O estado de emergência já vigorava em âmbito municipal

por Flávio Fogueral

Decreto assinado pelo governador em exercício Rodrigo Garcia, homologa o estado de emergência em Botucatu, decorrente da forte chuva que atingiu a cidade, entre domingo e segunda-feira (9 e 10 de fevereiro), que resultou em destruição e quarto mortes. 

O  Decreto nº 64.788 determina estado de emergência no município por 180 dias. Com isso, a Prefeitura poderá pleitear verbas e contratações emergenciais para obras de reparos em estruturas urbanas e rurais. O estado de emergência já vigorava em âmbito municipal.

Pelo texto, “os órgãos e entidades da Administração Pública estadual, dentro de suas respectivas atribuições, ficam autorizados a prestar apoio à população das áreas afetadas daquele Município, mediante prévia articulação com a Coordenadoria”.

Ainda não há estimativa do total de prejuízo ou mesmo de recursos a serem destinados para a reconstrução das áreas afetadas. Foram sete pontes completamente destruídas ou comprometidas, dezenas de residências afetadas, mais de 1500 quilômetros de estradas rurais danificadas e o saldo de quatro pessoas mortas no município.

O prefeito Mário Pardini viajou nesta quinta-feira (13) a Brasília. Comitiva partiu ainda na madrugada e teve agenda já durante todo o dia. O primeiro encontro ocorreu junto ao Secretário Nacional da Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, onde ocorreu pedido formal ao governo federal de auxílio à reconstrução das áreas afetadas.

Já em outro momento, a comitiva botucatuense foi até a Secretaria Nacional de Saneamento solicitar liberação de recursos para melhoria de drenagem do Ribeirão Lavapés, além de tornar prioridade a construção de dois piscinões, o  Tenente [próximo ao Conjunto Habitacional Amando de Barros Sobrinho, na região da Vila Cidade Jardim] e Antártica [área defronte ao final da Rua 1º de Maio].  O encontro ocorreu com o secretário Pedro Maranhão.

Estas obras foram anunciadas em 2011 e estão licitadas. No entanto, apenas o piscinão Cascata [terreno ao lado do Residencial Spazio Verde, defronte à Rodovia Marechal Rondon] está praticamente pronto.

*Texto atualizado às 14h30 para inclusão de informações