Morre motorista de caminhão que caiu em cratera na Rondon; são três óbitos no local

Cratera localizada no quilômetro 258 da Rondon já vitimou três motoristas que trafegavam pela rodovia

por Flávio Fogueral

A cratera aberta no quilômetro 258 da Rodovia Marechal Rondon (SP 300) provocou mais uma morte. José Rodrigo Mauruto, 38 anos, dirigia o caminhão que caiu na erosão durante a madrugada de sexta-feira (24 de fevereiro), não resistiu aos ferimentos e veio a óbito nesta madrugada (1º de março).

O motorista caminhão com placas de Tupã, por motivos a serem apurados, perdeu o controle do veículo e caiu dentro da cratera. O mesmo ficou preso às ferragens, sendo encaminhado posteriormente ao Hospital das Clínicas de Botucatu. Não resistiu aos ferimentos.

Esta é a terceira morte ocorrida no trecho. No dia 10 de fevereiro o condutor de um caminhão, Epaminondas Macedo Souza, 50 anos, foi tragado junto com o veículo pela cratera que se formara. Seu corpo foi encontrado no dia seguinte pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, a um quilômetro do acidente.

Já em 29 de fevereiro, Talison Camilo da Silva Oliveira, 29 anos, conduzia um ônibus pelo trecho quando perdeu o controle do veículo devido a falhas nos freios. O coletivo, com placas de Bauru, foi para dentro da cratera, vitimando fatalmente o motorista.

Segundo a Rodovias do Tietê, concessionária do trecho, há sinalização indicando desvio e proibição de tráfego pelo trecho a um quilômetro de distância.