Hospital Veterinário da Unesp suspenderá as atividades

A instituição também deixará de atender plantões

por Flávio Fogueral

O Hospital Veterinário mantido pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp de Botucatu suspenderá todo o atendimento ao público a partir da próxima segunda-feira, 23 de março. Decisão foi anunciada por meio de comunicado oficial assinado pelo diretor da instituição, Celso Antonio Rodrigues, e entra em conformidade com as medidas adotadas pela universidade para a contenção do contágio de Covid-19, nova doença derivada de coronavírus.

Além da suspensão das atividades do hospital instalado em Rubião Júnior, por tempo indeterminado, a instituição também deixará de atender plantões. Os médicos residentes, conforme o comunicado “por se tratarem de área da saúde, serão realizadas em forma de escala, a qual será definida pela respectiva área, devendo acontecer em dias alternados entre os residentes, ou seja, a cada 24h, com o objetivo de evitar o trânsito dos mesmos para suas cidades de origem. As atividades didáticas que podem ser realizadas remotamente, devem acontecer nesta modalidade para fins de cumprimento de carga horária”.

Já as aulas de graduação presenciais estão totalmente suspensas a partir de 23 de março. A confirmação de matricula de calouros aprovados em vestibular fica adiada até a retomada das atividades. As aulas de pós-graduação também estão suspensas.

Quanto aos funcionários, a Unesp determinou diversas ações, entre elas “adoção de regime de teletrabalho, revezamento e/ou escalonamento, a ser estabelecido em comum acordo com o Superior Imediato. As pessoas acima de 60 anos, gestantes, diabéticas, pneumopatas, imunossuprimidas, com doenças cardiovasculares ou oncológicas, deverão permanecer em casa exercendo o trabalho de forma remota. Se o servidor estiver em contingência familiar (quarentena), poderá ser dispensado da presença na instituição, realizando o teletrabalho, conforme escalonamento das chefias. “Todos os servidores e médicos veterinários residentes que estiverem em regime de trabalho remoto deverão estar disponíveis no caso de necessidade da Administração, os quais poderão ser convocados a qualquer momento”, ressalta o comunicado.

Todas as reuniões e eventos presenciais estão suspensos, “, desde que justificadas as emergências pelo presidente do órgão, priorizando-se os encontros por sistema de videoconferência e outras ferramentas para comunicação a distância”.

Confira o comunicado da FMVZ