Botucatu: Lojas Americanas é fechada após descumprir ordem de quarentena

Loja foi obrigada a encerrar atividades após presença da fiscalização

Redação

Nesta segunda-feira, 23 de março, primeiro dia útil após a decretação do fechamento do comércio em Botucatu, como forma de prevenção a Covid-19, as ruas dos principais corredores comerciais da Cidade ficaram praticamente vazias. Poucas pessoas se dirigiram a estabelecimentos que faziam atendimento como agências bancárias, dos Correios e farmácias.

Conforme o decreto 11.943/2020, assinado pelo prefeito Mário Pardini na última sexta-feira, 20 de março,, as lojas poderão ter atividades internas, comercializando por meio da internet, aplicativos e telefones, fazendo a entrega de forma remota. No entanto, a filial das Lojas Americanas na Rua Amando de Barros descumpriu a determinação e atendia normalmente. Devido a isso, a fiscalização da Prefeitura, junto com a Guarda Civil Municipal (GCM), autuou o estabelecimento, obrigando o mesmo a encerrar as atividades imediatamente.

O decreto prevê exceções e permite o funcionamento de: postos de combustíveis, panificadoras, supermercados, distribuidoras de água e gás, quitandas, hortifrutigranjeiros, mercearias, açougues, peixarias, centro de abastecimento de alimentos, lojas de venda de água mineral e lojas de vendas de alimentação animal. As panificadoras, restaurantes, lanchonetes, quiosques e bares não devem dispor de assentos aos clientes, trabalhando apenas no sistema de delivery ou também por drive thru.

As medidas adotadas pelo Poder Público têm validade até 30 de abril. O descumprimento pode acarretar a cassação do alvará de funcionamento. Denúncias podem ser feitas diretamente à Guarda Civil Municipal, pelo telefone 199.