São Manuel chega a 11 casos confirmados de Covid-19

Município analisa 56 casos suspeitos notificados

Da Redação

A Diretoria Municipal de Saúde comunica que o quadro do coronavirus no Município nesta quinta-feira, 30, apresentou alterações no número de infectados, aumentando em dois casos positivos, passando para 56 casos suspeitos de notificados (digitados no sistema do Estado) de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, sendo pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e profissionais de saúde com Síndrome Gripal.

A situação dos 56 casos Notificados se apresenta distribuída da seguinte forma:

11 casos positivos, sendo 7 curados, 1 hospitalizado no HC da Unesp, 2 em tratamento hospitalar local (isolamento) e 1 óbito;

Os casos descartados, com os resultados dos novos exames, permaneceram em 36 e 9 ainda aguardam a chegada de exames e se encontram em observação nas suas residências (isolamento social).

A população que apresenta Síndrome Gripal e não se enquadra para notificação e coleta de exame, de acordo com o Protocolo do Ministério da Saúde é acompanhada pela equipe do Coronavírus de São Manuel e orientada quanto ao isolamento social de 14 dias.

O uso de máscaras, por todas as pessoas que se encontrarem nos estabelecimentos comerciais da cidade e no distrito de Aparecida de São Manuel, trabalhando ou sendo atendida é obrigatório no Município. Todo estabelecimento que se encontrar aberto, com ou sem atendimento presencial ao público, de qualquer natureza (comercial ou industrial) somente poderá permitir a entrada de pessoas com MÁSCARAS de proteção.

O estabelecimento que não cumprir a determinação imposta pelo novo Decreto será imediatamente fechado e esvaziado pela fiscalização municipal e sua reabertura ficará condicionada a demonstração efetiva de que terá condições de atender a sua demanda, oferecendo, se necessário, as máscaras aos seus clientes.

O governador João Dória vem sinalizando em suas entrevistas que se o isolamento social como um todo não melhorar no Estado de São Paulo até o dia 10 de maio, dificilmente acontecerá a tão sonhada flexibilização de alguns serviços e no comércio, já que o sistema de saúde poderá entrar em colapso, não conseguindo atender os casos mais agudos, que necessitarem de internação em UTIs, que se encontram em muitos locais, já lotadas.

O grande alvo da Secretaria Estadual de Saúde são as cidades do interior do Estado, onde muitas pessoas relaxaram o isolamento o que vem fazendo aumentar significativamente os quadros positivos do coronavirus.

Em São Manuel, mesmo com o aumento confirmado de dois novos casos positivos, a situação ainda continua sob controle, mas se percebe que existe uma parcela da população indiferente com relação a pandemia, que poderá vir a trazer complicações futuras, com novos casos e ainda retardar uma possível nova abertura de outros segmentos do comércio local.