Prestes a flexibilizar quarentena, Botucatu atinge seu menor nível de isolamento social

A média de Botucatu, na sexta-feira, 29, de 40%, marcada como vermelha no mapa pelo Governo de SP

Do Leia Notícias

Pela terceira vez nos últimos quatro dias, o Isolamento Social em Botucatu atinge sua pior taxa, a de 40%, atingindo o nível de alerta no Estado de São Paulo.

De acordo com Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP), do Governo de SP, a Taxa de Isolamento Social de Botucatu, na sexta-feira (29), foi a mesma de quarta-feira (27) e de terça-feira (26), de 40%, e segue muito abaixo do aceitável pela Organização Mundial de Saúde, que aponta a taxa de 70% como o ideal para coibir a proliferação da Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus.

A média de Botucatu, na sexta-feira, 29, de 40%, marcada como vermelha no mapa pelo Governo de SP, foi, mais uma vez, a pior da região, e a quinta mais baixo de todo o Estado, ficando na frente, apenas, de Araçatuba e Ourinhos, que marcaram 39%, e Itapeva e Presidente Prudente, ambas com 38%.

A média de sexta-feira, 29, ficou 7% abaixo da média de todo o Estado de São Paulo, que foi de 47%. O Secretário de Saúde de Botucatu, Dr. André Spadaro, considera a taxa de 50% como “administrável”.

Mesmo com essa situação de isolamento baixo, Botucatu terá uma maior flexibilização da quarentena a partir do dia 1º de junho.