Diretora de Saúde de Anhembi sofre atentado e tem casa apedrejada

Carro passou em frente a sua residência e desconhecidos arremessaram pedras

Da Redação

A diretora de Saúde de Anhembi, que semanas atrás recebeu cerca de 30 ligações anônimas com ameaças de mortes a ela e seu filho, voltou a sofrer perseguição nesta terça-feira, 30. Segundo Renata Albuquerque, um carro preto passou em alta velocidade pela casa onde reside, no Centro, e arremessou uma pedra de porte médio na janela por volta das 9h30 da manhã.

Renata acionou a polícia que se dirigiu até o local. O caso já vem sendo investigado pela Polícia Civil. Há cerca de duas semanas, a diretora do departamento de Saúde sofreu ameaças que pediam que ela paralisasse imediatamente as obras do Novo Posto de Saúde de Anhembi, que deve ser inaugurado no sábado, dia 04. Nas ligações, dizia ainda que se caso a obra fosse inaugurada, ela e o filho morreriam.

Em nota, a Prefeitura afirmou que repudia veementemente qualquer tipo de ameaça e questiona quem seriam os interessados que uma obra tão importante para a saúde da população possa interessar. Também afirma que está prestando total apoio e solidariedade a sua funcionária.

NOTA:

A Prefeitura de Anhembi mais uma vez lamenta e repudia veementemente qualquer tipo de ato covarde que venha ameaçar vidas humanas, principalmente em uma circunstância inadmissível como essa da qual vem sofrendo a diretora do Departamento de Saúde de Anhembi, que pede de modo anônimo que ela intervenha na paralisação do Novo Posto de Saúde, uma obra que trará apenas benefícios a sua população e que vai revolucionar o atendimento na cidade.

Mais uma vez deixamos a pergunta: a quem poderia incomodar uma obra desta magnitude e importância?

Estamos solidários a funcionária e prestando toda assistência necessária.