Botucatu: casos de covid-19 crescem 125% em um mês

Município é o 47º no ranking que contempla os 622 municípios paulistas

Por Flávio Fogueral

Os casos de covid-19 em Botucatu cresceram 125% em um mês, passando de 297 pessoas infectadas em 1º de junho para 671 em 1º de julho. Foram 374 botucatuenses afetados com o novo coronavírus. A somatória vem do índice oficial emitido pela Secretaria Municipal de Saúde e acompanha a evolução da doença desde o início da pandemia.

Em números absolutos, os maiores registros de casos no período, ocorreram na segunda quinzena ocorreram 211 novos casos (de 447 em 16 de junho para 671), ou 50%. Na primeira quinzena, o registro de novos casos foram de 54%, passando de 284 para 438.

O município é o 47º no ranking que contempla os 622 municípios paulistas que registraram casos de covid-19. O aumento no número de casos fez com que Botucatu ampliasse as vagas em leitos de terapias intensivas pelo Sistema Único de Saúde, passando de 16 para 30 exclusivos ao tratamento da doença.

O aumento no número de casos foi um dos fatores que levaram a região de Botucatu a ser reclassificada no Plano São Paulo de flexibilização das atividades econômicas, passando da Fase 3 para a Fase 2 (amarela para laranja) e posteriormente, para a Fase 1 (vermelha), onde somente as atividades essenciais têm permissão de funcionamento.

Ao mesmo tempo, o Poder Público realizou ações de identificação da doença junto à comunidade. Iniciadas em abril, as testagens de botucatuenses com síndromes gripais passaram de 1.954 em 1º de junho para 4.799 (à época com 210 positivos e 1744 negativos) em 1º de julho (535 positivos e 4.264 negativos). Tais exames diretos na comunidade proporcionaram a identificação de 325 infectados com o vírus SARS-Cov2 em um mês.

Por outro lado, o número de pessoas recuperadas teve aumento de 189% no total de recuperados, saindo de 169 em 1º de junho para 490 em 1º de julho. Já o percentual de mortes registrado no mês foi de 114%, passando dos 7 óbitos em junho para os atuais quinze. Neste período ocorreu o surto de coronavírus em duas causas de repouso, que vitimou seis idosos. Segundo o governo estadual, a taxa de letalidade da doença em Botucatu é de 2,2%.