Shopping Botucatu diz que drive thru está dentro da norma estadual

No entanto, governo de SP alegou que o sistema de contraria Plano SP

Por Flávio Fogueral

Após a confirmação de que o Ministério Público instaurará inquérito civil para apurar possíveis irregularidades na adoção do sistema de drive thru interno para a entrega de mercadorias, o Shopping Botucatu reafirma que todo o procedimento está amparado no próprio decreto estadual.

Nota oficial emitida pelo empreendimento frisa que o estabelecimento ficou com as atividades fechadas durante 70 dias (teve permissão para voltar a abrir em 1º de junho, mas teve que voltar a fechar devido ao rebaixamento de Botucatu na Fase 1 do Plano SP) e que a adoção do sistema de drive thru ” segue a regulamentação vigente no Estado de São Paulo”. No entanto, o governo estadual alegou que o sistema de entrega interna contraria as normas de flexibilização já que shoppings estão proibidos de funcionar.

O Shopping Botucatu, no entanto, contesta o possível impedimento por parte do governo paulista e, consequentemente, a apuração por parte do Ministério Público. Segundo a determinação do promotor Paulo Abujamra, o empreendimento terá até esta segunda-feira, 6 de julho, para fornecer explicações a respeito da adoçado do drive thru.

“Os serviços de entrega (“delivery”) ou “drive-thru” estão amparados na “Deliberação 2, de 23 de março 2020, do Comitê Administrativo Extraordinário COVID-19, de que trata o artigo 3º do Decreto 64.864/2020”, o que, vale ressaltar, foi ratificado também pela Deliberação 8, de 3 de abril 2020″, salientou a nota oficial do shopping.

Segundo a direção do empreendimento, a adoção do sistema de entrega interna surtiu efeitos positivos aos lojistas e que não ocorreram transtornos nos três dias de adoção do modelo. ” O fluxo de veículos, porém, se distribuiu ao longo do dia, sem causar aglomerações ou quaisquer percalços”, ressaltou a nota oficial.

O fato causou polêmica, sendo destaque na mídia nacional. Nas redes sociais as opiniões se dividem entre quem aprova, os que não acharam correta a medida e, simplesmente, os que aproveitaram a oportunidade para criar memes.

Mesmo assim, a direção reforçou que os clientes aprovaram a medida, ao citar uma pesquisa junto aos consumidores. Não frisou, no entanto, com quantas pessoas esta pesquisa ocorreu e nem os dias.

“Levantamento feito pelo Shopping Botucatu junto aos clientes que utilizaram o sistema de drive-thru, mostra que 95% dos entrevistados aprovaram a experiência e afirmaram terem se sentido mais seguros e confortáveis. Além disso, disseram que voltariam a retirar compras por esse sistema Drive Thru.”, reforçou o documento.

Já a Prefeitura de Botucatu limitou-se a se posicionar, na quinta-feira, 2 de julho, que está “avaliando o procedimento adotado pelo estabelecimento junto aos órgãos competentes”.

Leia a nota oficial emitida pelo Shopping Botucatu

O Shopping Botucatu sempre cumpriu com as legislações e decretos vigentes, inclusive quando determinado, permanecendo fechado por mais de 70 dias.

Sobre o funcionamento em sistema de drive-thru, o Shopping Botucatu reafirma que a medida segue a regulamentação vigente no Estado de São Paulo. Os serviços de entrega (“delivery”) ou “drive-thru” estão amparados na “Deliberação 2, de 23 de março 2020, do Comitê Administrativo Extraordinário COVID-19, de que trata o artigo 3º do Decreto 64.864/2020”, o que, vale ressaltar, foi ratificado também pela Deliberação 8, de 3 de abril 2020.

O Comitê COVID-19 determinou que: “a medida de quarentena atinge unicamente o atendimento presencial ao público de estabelecimentos comerciais” e ainda menciona ser o drive-thru uma prerrogativa estendida a: “quaisquer estabelecimentos comerciais”. Sendo assim, o Shopping Botucatu, por operar atualmente em sistema Drive-Thru, serviços de entrega, delivery e ainda conta com uma plataforma de Marketplace, cumpre rigorosamente o previsto na legislação, inclusive a municipal, orientada pelo Decreto nº 12.027/2020, de 29 de junho de 2020.

Um levantamento feito pelo Shopping Botucatu junto aos clientes que utilizaram o sistema de drive-thru, mostra que 95% dos entrevistados aprovaram a experiência e afirmaram terem se sentido mais seguros e confortáveis. Além disso, disseram que voltariam a retirar compras por esse sistema Drive Thru.

Os lojistas que foram ouvidos também ressaltaram que o resultado do drive-thru foi positivo, já que as vendas superaram as expectativas. O fluxo de veículos, porém, se distribuiu ao longo do dia, sem causar aglomerações ou quaisquer percalços.

O Shopping Botucatu, como sempre fez, segue pronto para atender eventuais mudanças na atual legislação municipal e ou estadual no que diz respeito ao seu funcionamento por meio de drive-thru, inclusive, submetendo-se às recomendações governamentais caso outro seja o entendimento dos mesmos. O empreendimento ressalta o seu comprometimento que sempre seguirá rigorosamente as recomendações das autoridades.

Nesse sentido, informamos que, na tarde desta sexta-feira, 3, o Shopping Botucatu recebeu um ofício do Ministério Público do Estado de São Paulo solicitando alguns esclarecimentos técnicos sobre o funcionamento do drive-thru, pedindo ao Shopping Botucatu, inclusive, a relação das medidas adotadas para garantir a segurança da iniciativa. Todas as informações serão devidamente apresentadas, dentro do prazo estipulado, consignando que todas as ações do Shopping Botucatu seguirão aquilo que for determinado ou orientado pelo Ministério Público.

Leia mais: 

Ministério Público inicia apuração sobre drive thru no Shopping Botucatu