Qual impacto da alimentação saudável na saúde bucal?

A dieta de uma pessoa também tem relação direta com sua saúde bucal

Da Redação

Uma alimentação saudável e balanceada é fundamental para que o corpo possa obter os nutrientes necessários e manter uma boa saúde e bem-estar. A dieta de uma pessoa também tem relação direta com sua saúde bucal. Se uma dieta não recebe a quantidade de nutrientes adequada para o corpo, existe uma probabilidade maior a propensão de infecções e doenças bucais, como a periodontite. 

Uma dieta balanceada junto com bons hábitos de higienização auxilia na resistência dos dentes contra cáries, gengivite e placas bacterianas, por exemplo. Os padrões de escolhas alimentares são fatores de suma importância que determinam o desenvolvimento (ou não) de possíveis problemas na dentição. 

Os alimentos fibrosos, como frutas, verduras e legumes, exigem uma maior mastigação e assim, permanecem mais tempo na boca, aumentando a produção de saliva. Esta por sua vez, tem uma importância fisiológica considerável. As substâncias encontradas na saliva, como o sódio e o cálcio, tem relação direta com o processo recuperador o esmalte perdido dos dentes quando a acidez aumenta, limitando também, o possível surgimento de cáries. 

Existem vários alimentos que com suas funções distintas no organismo, ajudam a manter o sorriso de uma pessoa mais bonito e saudável. Uma dieta balanceada, junto com uma boa higienização dental são ferramentas primordiais para a saúde da boca. 

Alimentos que ajudam a tornar o sorriso mais saudável 

Maçã: Rica em fibras alimentares, é considerada uma das frutas mais benéficas para a boca, pois sua substância promove uma espécie de “auto limpeza” nos dentes e gengivas. 

Laranja: Com alto índice de vitamina C, se torna uma grande aliada do sorriso. Ajuda na produção de colágeno, que é necessário para a saúde da gengiva. Frutas como limão, morango e acerola também podem ser incluídas nessa lista. 

Leites e derivados: São grandes fontes de cálcio, mineral fundamental para a saúde dos dentes, garantindo que permaneçam fortes e saudáveis. A substância também auxilia no equilíbrio do pH do sangue.

Alimentos crus: Alimentos como cenoura, beterraba e outros vegetais que podem ser consumidos de maneira natural, beneficiam a saúde da boca pois exigem um maior esforço na mastigação e por tanto, fortalecem a mandíbula. 

Peixes: Os de água salgada possuem flúor em sua composição, que por sua vez, ajuda a manter os dentes e gengivas saudáveis, prevenindo cáries e placa bacteriana. 

Ovos: Alimento rico em fósforo, mineral que atua em prol da saúde bucal e diminui as chances de doenças periodontais. Outro benefício em seu consumo é que a gema é fonte de vitamina D, substância que ajuda na absorção do cálcio no organismo. 

Nozes: Responsável por liberar um óleo durante o consumo que ajuda a criar uma camada protetora nos dentes, impedindo assim, o acúmulo de placa. 

Vitaminas

Como citado acima, alguns alimentos são fontes preciosas de vitaminas fundamentais que auxiliam na saúde bucal e na prevenção de problemas na dentição e nas gengivas. Algumas dessas vitaminas são: 

Cálcio: Ajuda na construção e manutenção de ossos e dentes fortes. Além disso, é capaz de elevar o pH  da boca e dessa forma, reduzir a exposição dos dentes ao ácido. Pode ser encontrado no leite e derivados, brócolis, couve-manteiga, folhas de beterraba e peixes. 

Vitamina A: Encontrada em vegetais verde-escuros como brócolis, couve, espinafre e rúcula. Alimentos ricos dessa vitamina são necessários para a ativação da ceratina-dentina, responsável pela esmaltação dos dentes. 

Vitamina B e ferro: Além de serem ótimas fontes de fibras, essas vitaminas são fundamentais para a saúde das gengivas. É possível encontrá-las em feijões, lentilha, ervilha, farelo de trigo e no arroz integral. 

Vitamina C: Esta, protege o tecido das gengivas contra lesões. Está presente em frutas como laranja, kiwi, goiaba, acerola e caju. 

Vitamina D: Presente na gema do ovo, peixes, leites e derivados, ajuda na fixação do cálcio.

Cuidados com a higiene 

Mesmo com uma alimentação balanceada que auxilia no processo de fortalecimento dos dentes, os cuidados básicos com a higienização, como escovação após as refeições e o uso diário de fio dental são fatores primordiais para manter a saúde da boca em dia. 

Para evitar problemas como cáries e tártaros é necessário uma higienização oral completa. Passe a escova em todas as faces dos dentes, fazendo movimentos circulares. É adequado escovar os dentes logo pela manhã, após as refeições e antes de dormir. 

Utilizar creme dental com flúor é essencial para a saúde bucal das pessoas. O flúor é rico em minerais que protegem os dentes de bactérias causadoras de cáries. 

O hábito de utilizar fio dental também ajuda a prevenir problemas na dentição. Somente o fio é capaz de retirar os restinhos de alimentos que ficam presos entre os dentes e a linha da gengiva. 

Trocar de escova periodicamente é um fator necessário, isso porque, quando as cerdas começam a ficar gastas, ela não faz mais a limpeza de forma adequada. É recomendado fazer a troca a cada 3 meses ou em um intervalo menor de tempo.