Botucatu atinge 37% de isolamento social, pior taxa para um final de semana

54 mil pessoas respeitaram algum tipo de isolamento

Por Flávio Fogueral

Com 37% de isolamento social registrado no sábado, 1° de agosto, Botucatu atingiu o seu pior índice para um final de semana desde que a quarentena foi instituída no Estado.

Com isso, 54 mil pessoas respeitaram algum tipo de isolamento, segundo o Sistema de Monitoramento Inteligente do governo paulista. O cálculo é feito com base na projeção populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número chama a atenção já que as maiores taxas de isolamento social eram obtidas justamente aos finais de semana.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o índice ideal para se evitar o contágio da covid-19 é que o isolamento esteja em torno de 70%. Já o governo estadual recomenda que este valor seja igual ou superior a 50%. O isolamento social também é fator preponderante para a classificação no Plano São Paulo, que consiste na flexibilização das atividades econômicas.

Estes indicadores são medidos pelo governo paulista em 104 cidades acima de 70 mil habitantes, por meio da análise de mobilidade dos telefones celulares. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.

Sobre Flavio Fogueral