TV Câmara transmite palestras na Semana Municipal do Direito na Escola

Em parceria com um colégio local, serão transmitidas três palestras

Da Redação

Entre os dias 10 e 14 de agosto acontece em Botucatu a Semana Municipal do Direito na Escola. Fruto de um projeto de iniciativa popular, aprovado em plenário em dezembro de 2019, a semana encontrou espaço também na programação da TV Câmara Botucatu.

Em parceria com um colégio local, serão transmitidas três palestras com temas relacionados ao direito e à vida dos estudantes botucatuenses. Confira:

10 de agosto, às 10 horas – O que é democracia?

Moderador: Renato Augusto da Silva, diretor Colégio Embraer

Participantes: Leonardo Possetti, bacharel em Direito e professor de História; Igor Ignácio, chefe do cartório eleitoral; Alessandro Ricardo, filósofo e coordenador da área de Ciências Humanas e Sociais Colégio Embraer; Isabella Abreu, aluna e primeira signatária de projeto de lei de iniciativa popular.

12 de agosto, às 10h – Projeto OAB Vai à Escola

Moderador: Renato Augusto Silva, diretor Colégio Embraer

Participantes: Nuno Garcia, presidente da OAB Botucatu; Roque Roberto Pires de Carvalho, coordenador da comissão OAB Vai à Escola; Madalena Ponce, coordenadora do núcleo pedagógico da Diretoria de Ensino; Leonardo Ramon, estudante do Ensino Médio.

14 de agosto, às 10h – O direito e a mulher

Moderador: Renato Augusto Silva, diretor Colégio Embraer

Participantes: Isadora Tiegui, advogada; Rayssa Blumer, advogada; Natália Sganzella, profa. Dra. em Sociologia; Giulia Beatriz Rodrigues, estudante do Ensino Médio.

As palestras serão transmitidas ao vivo pela TV Câmara Botucatu canal 61.3 da rede aberta e pelo Facebook do Legislativo (facebook.com/camarabotucatu). #acompanhe!

Conheça a história

A Lei nº 6.125, de 3 de dezembro de 2019, que instituiu a Semana Municipal do Direito na Escola em Botucatu, a ser realizada sempre na segunda semana de agosto, derivou de um projeto de iniciativa popular encabeçado por alunos do ensino médio do Colégio Embraer. Para um projeto de iniciativa popular dar entrada na Câmara, é preciso apresentar a assinatura de, pelo menos, 1% do eleitorado de Botucatu, manifestando assim a concordância com a proposta.

O PL 78/2019 foi o primeiro projeto de iniciativa popular do mandato 2017/2020 e apenas o terceiro dos últimos vinte anos. Ele foi aprovado pela unanimidade dos vereadores.