Brasil passa dos 100 mil mortos pela covid-19

País soma vergonhosos 100.240 óbitos decorrentes da doença

Da Rede Brasil Atual

É oficial. Com o registro de mais 538 vítimas do novo coronavírus, anunciado hoje (8), o Brasil supera a marca de 100 mil mortes causadas pela covid-19. O país soma vergonhosos 100.240 óbitos decorrentes da doença, menos de cinco meses após registrar a primeira vítima.

A informação foi divulgada no início da tarde, pelo consórcio formado pelos veículos Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, o Globo e G1, com dados colhidos junto ao Conass, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde.

O Conass também recebeu 21.732 notificações de novos casos entre as 16h de ontem e as 13h30 de hoje. Assim, o país se aproxima dos 3 milhões de infectados pela “gripezinha” de Jair Bolsonaro – exatos 2.988.796 de pessoas que tiveram a infeccção confirmada. Com a subnotificação de casos e óbitos, admitida até pelo governo federal, a realidade da pandemia no Brasil é de absoluto descontrole e de total ignorância dos números reais.

Em número oficiais, o que se sabe é que o Brasil – que tem apenas 2,7% da população mundial, tem hoje cerca de 6,5% dos casos de covid-19 e 7,2% dos mortos pela doença no planeta. Ou seja, a cada sete mortos pela infecção no mundo, um é brasileiro.

Sobre Flavio Fogueral