Polícia abre inquérito contra 10 botucatuenses positivos a Covid-19 que furaram isolamento obrigatório

Mais de 350 botucatuenses estão em quarentena obrigatória

Da Redação

A Polícia Civil de Botucatu instaurou nesta semana inquérito por crime contra a saúde pública a dez moradores da Cidade positivos para a covid-19 e que desrespeitaram a quarentena obrigatória.

Os inquérito foi aberto após constatação de que os botucatuenses não se encontravam em suas residências após visita da Guarda Civil Municipal (GCM) durante a Operação Sentinela.

Está é a segunda etapa de responsabilização das pessoas positivas a covid e que consistira na reunião de provas para que o Ministério Público venha a instaurar processo junto ao Judiciário.

“Estes inquéritos atingirão ainda outros casos positivos de coronavírus que já foram flagrados fora de casa”, salientou o prefeito Mário Pardini.

Até esta quarta-feira, 12 de agosto, Botucatu tinha contabilizado 1463 casos positivos de Covid-19 desde o início da Pandemia. Dos casos ainda em tratamento, 350 botucatuenses estão em quarentena doméstica, sujeitas a possíveis penalidades.