Ocupação de leitos UTI para covid-19 chega a 90% no Hospital das Clínicas de Botucatu

Ou seja, 27 das 30 vagas disponíveis estão em uso por pacientes vindos da região

Da Redação

Em novo balanço emitido pelo Hospital das Clínicas de Botucatu (HCFMB), foi registrado novo aumento na ocupação de leitos em terapia intensiva (UTI) exclusivos para a covid-19. Segundo a unidade o índice chegou a 90% nesta quinta-feira, 13 de agosto.

Ou seja, 27 das 30 vagas disponíveis estão em ocupação. O HCFMB, vinculado ao Sistema Único de Saúde (SUS), atende a uma região com abrangência populacional de 2 milhões de habitantes. Portanto, os leitos não são exclusivos a moradores de Botucatu.

Do total, são quinze pacientes positivos internados em UTI, com doze suspeitos. Quanto ao percentual de ocupação em enfermaria exclusiva de covid-19, o total vai a 22% de cem leitos. O HCFMB registrou 113 pacientes recuperados e 59 óbitos decorrentes do novo coronavírus.

Em três dias o aumento foi de 24% no índice de ocupação de leitos UTI exclusivos para a covid-19. Em caso de ocupação de plena totalidade, o hospital poderá adotar medidas que visem a ampliação das vagas. Outra alternativa é o município passar a utilizar leitos contratados na rede privada de saúde. O valor do acordo é de R$ 7 milhões.