Botucatu: polícia prende mais dois acusados de participar do assalto do Banco do Brasil

Prisões ocorreram em São Paulo

Da Redação

A Polícia Civil efetuou a prisão de mais duas pessoas acusadas de integrar a quadrilha que assaltou a agência do Banco do Brasil, em Botucatu, no mês de julho.

As prisões ocorreram em São Paulo, durante operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Não foram fornecidos maiores detalhes a respeito da prisão e nem o nível de envolvimento com a quadrilha que também entrou em confronto direto com a Polícia.

Após dois meses do roubo, que culminou com o roubo também a uma Joalheira, doze pessoas envolvidas diretamente estão presas, incluindo um dos líderes da quadrilha.

Além disso, dois suspeitos são investigados e um homem suspeito de colaborar com o bando foi morto em confronto.

O roubo, que teve repercussão nacional, causou prejuízo de R$ 1,6 milhão, além de sitiar a Cidade durante o ato.