Em sessão virtual, Câmara de Botucatu vota somente nomes de ruas

Apresentar e votar projetos de denominação de logradouros públicos é prerrogativa dos vereadores

Da Redação

A sessão ordinária da segunda-feira (28/09), realizada mais uma vez de maneira remota, contou com quatro projetos de lei em pauta. Todos terminaram aprovados pela unanimidade do plenário.

O PL 59/2020, de iniciativa do vereador Sargento Laudo, batizou de Estrada dos Manacás uma passagem localizada à margem esquerda do Trevo do Km 258 da Rodovia Marechal Rondon. Já o PL 61/2020, do vereador Cula, denominou de Antonio Galvão Jeremias dos Santos a Rua 5 do loteamento Jardim Santa Cecília. Por fim, a vereadora Jamila foi a autora dos PLs 62/2020 e 63/2020, que chamaram de Praça André Luís Blasi de Toledo Piza o Sistema de Lazer do loteamento Jardim Estoril e de Milton Carbonari a Rua 1 do loteamento Bem-te-vi II, respectivamente.

Apresentar e votar projetos de denominação de logradouros públicos é prerrogativa dos vereadores. Além de muitas vezes servir de homenagem a munícipes já falecidos, este tipo de matéria possibilita que novas localidades recebam CEP e, com isso, acesso a serviços como SAMU e correios.

No Pequeno Expediente, momento da sessão em que proposituras são lidas e deliberadas, os vereadores ainda aprovaram um voto de pesar, 28 requerimentos e três moções de congratulações. Todas as matérias que passam pelo plenário da Câmara encontram-se disponíveis no site do Legislativo: www.camarabotucatu.sp.gov.br.