Prefeito de São Manuel se reúne com representantes do comércio e deve editar decreto neste final de semana

Conversa foi para alinhar funcionamento das atividades na Fase Vermelha

Da Redação

O prefeito Ricardo Salaro acompanhado dos diretores de Administração Tácio Bertozo e Patrícia Rossanesi da Saúde se reuniu na sede da Prefeitura Municipal, na tarde deste sábado (23) com os representantes da ACESM-Associação Comercial e Empresarial e do SINCOVASA de São Manuel. Pela ACESM estiveram presentes o presidente José Roberto Dalho e os diretores Reginaldo José Soares e Delson Scarparo. Representando o SINCOVASA participaram da reunião o presidente Toninho Magolbo e o assessor Anderson Melego.

Na pauta da reunião foram discutidos o cenário atual da pandemia, frente ao uso dos equipamentos hospitalares de São Manuel e região e em especial aqueles que nos atendem, cuja ocupação encontra-se em níveis elevadíssimos (enfermaria 78% e UTI 100% no hospital local).  Estamos vivendo o maior nível de ocupação dos nossos leitos hospitalares disponíveis, tanto de enfermagem, quanto de UTIs, em São Manuel e nos demais hospitais das cidades da região.
Diante dessa situação, o Governo do Estado emitiu Decreto neste sábado, passando São Manuel e as demais cidades que pertencem a Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS 6) para a fase Vermelha do Plano São Paulo; a fase mais restritiva, onde só podem funcionar os serviços e o comércio considerados essenciais.

O novo Decreto Municipal detalhando o que vai abrir e o que vai fechar será publicado no final da tarde deste domingo (24), pela Prefeitura de São Manuel, passando a vigorar já na segunda-feira (25)

Segundo o prefeito Ricardo Salaro, os prefeitos da região estão trabalhando em conjunto no sentido de ver se encontram alguma alternativa para o funcionamento de alguns segmentos do comércio não contemplados na fase Vermelha.

Salaro disse ainda que os prefeitos estão bastante preocupados com a atual situação. ¨Estamos bastante preocupados com os índices de ocupação dos leitos hospitalares aqui em São Manuel e também em toda a região e ao mesmo tempo estamos buscando alternativas para que o comércio possa funcionar. A situação é delicada e nós prefeitos não podemos fazer coisa muito diferente do que estabelece a fase Vermelha do Plano São Paulo, porque depois iremos responder por isso¨, explica o prefeito.

Ainda durante a reunião foi mais uma vez ressaltado que a população precisa se conscientizar que o vírus mata e que não pode haver aglomerações, com festas, reuniões; que o distanciamento social é fundamental e ainda que a adoção das regras sanitárias não podem ser deixadas de lado, como por exemplo, o uso de máscaras, higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool em gel ou álcool 70.

Sobre Flavio Fogueral