Palmeiras é superado nos pênaltis e termina o Mundial em 4º, pior classificação de um sul-americano no torneio

Palmeiras volta suas atenções para a reta final do Campeonato Brasileiro e para a decisão da Copa do Brasil

Da Redação

O Palmeiras terminou a sua participação no Mundial de Clubes com o quarto lugar na bagagem. Nesta quinta-feira (11), o time do técnico Abel Ferreira foi derrotado pelo Al Ahly, do Egito, nos pênaltis (3 a 2), após empate sem gols no tempo normal, no Education City Stadium, em Al Rayyan, no Catar.

Agora, o Palmeiras volta suas atenções para a reta final do Campeonato Brasileiro e para a decisão da Copa do Brasil. Rony, Luiz Adriano e Felipe Melo erraram as cobranças dos paulistas, enquanto Gustavo Scarpa e Gustavo Gómez fizeram os gols.

Al Ahly e Palmeiras fizeram um primeiro tempo de poucas oportunidades. A primeira chance surgiu só aos 25 minutos. Felipe Melo perdeu a bola e foi driblado por El Soleya, que bateu cruzado. Livre, Bwalya chegou um pouco atrasado e não conseguiu empurrar para as redes.

O Palmeiras respondeu aos 32 minutos com Rony. Da entrada da área, o atacante bateu de primeira e assustou. Cinco minutos depois, Afsha recebeu atrás da zaga e bateu. A bola acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 39 minutos, na última chance antes do intervalo, Viña cruzou para Rony que cabeceou, mas El Shenawy deu um toque sutil para evitar o gol do Palmeiras.

No segundo tempo, o Palmeiras tomou um susto. Aos 21 minutos, as redes de Weverton balançaram. El Soleya mandou de voleio da entrada da área. No rebote de Weverton, Ajayi marcou o gol, mas o árbitro deu impedimento.

Aos 34 minutos, o Palmeiras assustou. Patrick de Paula recebeu e bateu cruzado. A bola passou perto do gol de El Shenawy. Os dois times não criaram mais nada e tiveram que ir para os pênaltis.