Botucatu: novo decreto permite volta presencial das aulas a partir de 2 de agosto

Retorno será facultativo sendo que os alunos poderão desenvolver suas atividades de maneira remota

Da Redação

Publicado na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, 2 de julho, o Decreto 12.327 permite a retomada das aulas presenciais em Botucatu tanto nos ensinos Fundamental, Médio, Técnico e Superior. Decisão é mais uma das medidas de flexibilização após quedas nos índices de casos de Covid-19 na Cidade.

Segundo o documento, estão permitidas as aulas presenciais a partir do início do período letivo de segundo semestre, a partir de 2 de agosto. Medida vale tanto para as redes municipal, estadual e privada de ensino. Não há menção sobre capacidade total dentro das salas de aula, mas a obrigatoriedade de distanciamento mínimo de um metro entre os alunos em qualquer atividade a ser desenvolvida nas instituições.

O retorno presencial, no entanto, será facultativo sendo que os alunos poderão desenvolver suas atividades de maneira remota, conforme tem ocorrido durante os períodos de restrição e suspensão das aulas. Escolas deverão, ainda, seguir todos os protocolos sanitários estabelecidos pelas autoridades.

Tal permissão poderá ser revista ou mesmo ampliada conforme avaliação dos indicadores de infecção pelo novo coronavírus após a terceira semana da aplicação da nova etapa da vacinação em massa, prevista para ocorrer em 8 de agosto.

A íntegra do documento pode ser lida aqui.

Este é um conteúdo exclusivo do Notícias! Para obter permissão de cópia, favor contatar a redação pelo n.botucatu@gmail.com