Pessoas que receberam 1ª dose no dia 16 de maio devem receber 2ª dose neste domingo (08)

O processo de imunização ocorrerá da mesma forma que ocorreu em maio

Da Redação

A aplicação da 2ª dose da vacinação em massa em Botucatu começa neste domingo, 08. Todas as pessoas que receberam a 1ª dose no dia 16 de maio, Dia D de Vacinação em Massa, deverão se dirigir ao mesmo local onde receberam a 1ª aplicação, neste domingo, 08.

Isso vale para todos que possuem em suas carteirinhas de vacinação a 2ª dose agendada para o dia 08 ou para o dia 09 (esta última data, preenchida de forma equivocada).

O processo de imunização ocorrerá da mesma forma que ocorreu em maio. Cada cidadão deverá comparecer ao local onde recebeu sua primeira dose (seção eleitoral ou ginásios Paralímpico, SESI, Escola Francisco Marins e Complexo Esportivo Heróis do Araguaia), portando CPF, um documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte) e a carteirinha de vacinação indicando a 1ª dose. Caso essa carteirinha tenha sido avariada ou perdida, é necessária a retirada da 2ª via em um dos postos de saúde da Cidade, até o dia 06 de agosto.

Cidadãos que têm em sua carteirinha a 2ª dose programada para outras datas, como 14 e 21 de agosto, por exemplo, devem aguardar essas datas e não buscar a antecipação da dose.

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que munícipes que se vacinaram no CEI Luiz Amat, receberão a 2ª dose no Convento Servas do Senhor; munícipes que se vacinaram no Colégio Anglo, receberão a 2ª dose na nova sede da escola (Prédio da antiga Secretaria de Educação, na Rua Costa Leite); munícipes que se vacinaram no CEI Horeste Spadotto, receberão a 2ª dose na EMEF José Antônio Sartori, no Jardim Eldorado; a população do Rio Bonito e da Mina receberão a 2ª dose através de um posto volante que ficará das 8 às 12 horas no Rio Bonito e das 13 às 17 na Mina.

O horário de vacinação respeitará a seguinte escala por faixa etária:

– Das 08 às 10 horas: Moradores com idades entre 51 e 60 anos;

– Das 10 às 12 horas: Moradores com idades entre 41 e 50 anos;

– Das 12 às 15 horas: Moradores com idades entre 31 e 40 anos;

– Das 15 às 18 horas: Moradores com idades entre 18 e 30 anos.

A imunização faz parte do projeto do estudo da vacina produzida pelo laboratório Astrazeneca, Universidade de Oxford e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), elaborado pela parceria entre a Prefeitura, Ministério da Saúde, Governo Federal, Unesp, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, e Fundação Gates.

Todo o processo de cadastro e vacinação em Botucatu terá o acompanhamento e auditoria realizadas pelas Forças de Segurança do Município (Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar), OAB Botucatu, Justiça Eleitoral, Ministério Público e Tribunal de Justiça de São Paulo.

Este é um conteúdo exclusivo do Notícias! Para obter permissão de cópia, favor contatar a redação pelo n.botucatu@gmail.com