Botucatu: casal é preso após furtar carne de supermercado

Acusados teriam vendido os produtos por R$ 200 para pagamento de dívida 

Da Redação 

Um casal foi preso por furtar carnes e produtos de higiene e beleza de um supermercado na região central de Botucatu na noite desta quarta-feira, 13 de outubro.

Consta em boletim de ocorrência que o casal S.A.M.J. e T.P.S. chegou ao Jau Serve da Avenida Floriano Peixoto e dirigiu-se ao setor de açougue e pegou cinco peças de carne, sendo três de picanha, um de contrafilé e um de File Mignon. Também pegaram um creme de barbear, shampoo e perfume e colocaram todos os produtos em uma mochila.

Saíram da loja e entraram em um Fusca, dirigido por C.M.A. e saíram com rumo desconhecido. Acionada pela gerência do supermercado, a Polícia Militar iniciou patrulhamento, encontrando o carro, bem como o motorista.

Indagado sobre o que ocorreu no supermercado, o proprietário do carro disse que havia dado carona ao casal e que ficou esperando pelo homem e a mulher dentro do carro.

O motorista, então, indicou que o casal estaria na Adeodato Faconti, no Jardim Brasil. Na residência, os policiais encontraram o homem, que confirmou a situação das carnes subtraídas do supermercado. Afirmou, no entanto, que havia vendido as peças para um terceiro envolvido, D.W.F.V por R$ 140.

A mulher, por outro lado, frisou que as carnes foram vendidas por R$ 200 em espécie de pagamento por entorpecentes e que, antes do furto, haviam pegado sete pedras de crack junto a D.W.F.V.

Com o endereço do terceiro envolvido informado, os policiais foram até o local e encontraram o homem e as carnes. Os acusados foram encaminhados ao Plantão Policial, onde houve Boletim de Ocorrência por furto e receptação. Na sequência, o casal e receptador foram liberados e os produtos devolvidos.

Este é um conteúdo exclusivo do Notícias! Para obter permissão de cópia, favor contatar a redação pelo n.botucatu@gmail.com