Definida empresa que fará recapeamento da Alcides Soares

Obras de R$ 30 milhões integram a primeira fase de ‘Novas Estradas Vicinais’

Da Redação 

Foram divulgadas na edição desta segunda-feira, 18 de outubro, as empresas vencedoras do processo licitatorio para recuperação das rodovias Alcides Soares (BTC-010), que faz a importante ligação entre Botucatu e Vitoriana, e João Leme da Silva (PGA-010), que liga Porangaba a Conchas.

A inclusão destas vias no Programa Novas Estradas Vicinais, do Governo do Estado, foi articulada pelo deputado Fernando Cury, ainda antes de seu afastamento. A Alcides Soares receberá o investimento de R$ 10.316.711,10, em recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para o recapeamento de 12 km. O licitante vencedor foi a Sanson Pavimento e Obras Ltda.

A recuperação da rodovia municipal João Leme da Silva ficará por conta da Construtora Colares Linhares S/A. Serão investidos R$ 22.960.038,49 para o recapeamento dos 23,2 km da estrada.

O programa Novas Estradas Vicinais está levando melhorias a 745 vias nesta primeira etapa, com investimento de R$ 521 milhões e geração de mais de 10 mil vagas de emprego.

As obras estão sob a responsabilidade do DER, ligado à Secretaria de Logística e Transportes, e vão beneficiar diretamente uma população de 16,7 milhões de pessoas em todo o estado. A previsão é a de que as melhorias sejam totalmente concluídas em até doze meses.

“A recuperação dessas vias é muito importante para a região, pois impacta diretamente no escoamento da produção agrícola e na qualidade de vida das pessoas das cidades ao redor”, afirma o deputado Fernando Cury.