Polícia de Botucatu resgata mais de 50 cães vítimas de maus tratos

Animais estavam em um corredor repleto de fezes e urinas e seriam vendidos

Da Redação 

A Polícia Civil de Botucatu fechou nesta terça-feira, 21 de junho, um criadouro clandestino e prendeu a responsável por maus tratos a animais, após denúncia anônima.

O espaço, na Rua Cesário Motta, na Vila dos Lavradores, continha 50 cães das raças Spitz e Maltês e, segundo apurações da polícia e Vigilância Ambiental em Saúde, seriam comercializados.

Conforme constatado pela veterinária acionada pelas autoridades alguns dos animais se encontravam doentes e desnutridos. Havia uma fêmea gestante entre os cães. A atividade seria irregular já que não há cadastro dos mesmos como criadores.

No espaço onde foram encontrados havia fezes sem retirada e mau cheiro perceptível da rua.

Todos os animais foram recolhidos para cuidados veterinários. Já a mulher, de 63 anos e reincidente pelo crime, encaminhada para a cadeia de Cesário Lange.