Qual o tamanho do mercado de medicina veterinária?

Desafios e as atividades da profissão são abordados em canal exclusivo na internet

Da Redação

“Vou ser veterinário porque gosto de bichos, amo meus gatos e cachorros”. A frase é muito comum entre os candidatos ao curso de medicina veterinária. Comum também é ver os estudantes perdidos depois de passar pelo ciclo básico e verificarem que cuidar de bichinhos de estimação talvez não seja o que eles querem fazer para o resto da vida.

Dra. Thais Gomes Rocha é a idealizadora do canal Papo de Veterinária (Divulgação)

Mas, como se informar sobre as mais de 80 atividades que podem ser exercidas dentro da Medicina Veterinária? A resposta está na Internet. Foi o caminho que a professora e médica veterinária Thais Gomes Rocha procurou para ajudar os alunos. Há pouco mais de um ano ela criou o canal do Youtube “Papo de Veterinária”.

Toda semana ela entrevista profissionais das mais diferentes áreas sobre os desafios da profissão, as oportunidades de mercado e o que eles diriam aos que estão chegando agora.

“É muito bacana poder conhecer o que colegas estão fazendo aqui no País e fora dele, e como chegaram onde estão. Nada melhor do que ouvir quem está naquele caminho para escolher, se espelhar, explorar. É algo que não tive na época em que escolhi o curso, mas que posso oferecer como ajuda para aqueles estudantes e aspirantes ao curso de medicina veterinária”, explica a professora de Clínica de Grandes Animais da Universidade Vila Velha.

Desde que começou, a professora já entrevistou mais de 70 profissionais das áreas de Saúde Pública, Clínica, Cirúrgica e Reprodução de animais de grande porte, de pequeno porte e selvagens, da área de inspeção e tecnologia de produtos de origem animal, além de várias especialidades, como cuidados paliativos, oncologia, oftalmologia, por exemplo, e diz que a lista só aumenta.

Thaís mantém, ainda, um canal no Instagram (@canalpapodeveterinaria) onde posta a rotina e compartilha um pouco do que vai descobrindo nas entrevistas. Outro canal que o público pode descobrir é a fanpage no Facebook, com postagens exclusivas. A interatividade com o público tem feito com que o canal se torne referência para futuros e os já profissionais da área.

Há seis meses ela lançou o podcast Papo de Veterinária, onde publica uma versão editada das entrevistas realizadas no canal. “Os alunos começaram a perguntar quando eu teria um podcast, então resolvi transformar o conteúdo e torná-lo acessível também nas plataformas de áudio. Tem sido uma experiência e tanto”, comemora.

Para acessar o canal Papo de Veterinária no Youtube e o podcast .