Colunas

A fraqueza de um homem só

Gabriel Burnatelli de Antonio* A riqueza da democracia não se encontra, a priori, no êxito de seus resultados econômicos, políticos e sociais, sobretudo porque os indivíduos democráticos reconhecem que quaisquer decisões tomadas sem o escrutínio do maior número possível de partes interessadas e/ou implicadas nas consequências de uma escolha redundará, inexoravelmente, em ineficácia, mesmo que a longo prazo, e, acima de tudo, em injustiça, pois minorias restarão alijadas do exercício ativo da cidadania e, como corolário, serão as primeiras a experimentar o passivo de decisões mal elucubradas. Se somos seres políticos (zoon politikon) e, acima de tudo, democráticos, reconhecemos que ...

Read More »

Ataques

Parece que campanha eleitoral no Brasil se transformou em terra de ninguém: todos podem, tudo vale, seja o que Deus quiser…

Read More »

O ministro Lula

O debate político foi reduzido a um jogo adolescente de perseguição e despistamento, guiado pela astúcia dos contendores

Read More »